Pesquisar neste blog

quinta-feira, 28 de abril de 2011

As Virtudes Cardinais… Temperança.

Virtudes cardinais, ou virtudes cardeais, são quatro virtudes que segundo a Igreja Católica Apostólica Romana, polarizam todas as outras virtudes humanas.

Segundo esta doutrina as Virtudes Cardinais "são perfeições habituais e estáveis da inteligência e da vontade humana, que regulam os nossos atos, ordenam as nossas paixões e guiam a nossa conduta segundo a razão e a fé. Adquiridas e reforçadas por atos moralmente bons e repetidos, são purificadas e elevadas pela graça divina".

Antes que você duvide destas afirmações, já vou logo compartilhando o link e o conteúdo do wikipedia para o tema, veja aqui.

As virtudes cardeais são :

  • a prudência, que "dispõe a razão para discernir em todas as circunstâncias o verdadeiro bem e a escolher os justos meios para o atingir. Ela conduz a outras virtudes, indicando-lhes a regra e a medida", sendo por isso considerada a virtude-mãe humana.
  • a justiça, que é uma constante e firme vontade de dar aos outros o que lhes é devido;
  • a fortaleza (ou Força) que assegura a firmeza nas dificuldades e a constância na procura do bem;
  • e a temperança (ou Moderação) que "modera a atração dos prazeres, assegura o domínio da vontade sobre os instintos e proporciona o equilíbrio no uso dos bens criados", sendo por isso descrita como sendo a prudência aplicada aos prazeres.

Aqui no blog, Temperança vai ser a virtude das sextas-feiras, que vai trazer posts que quebrem a ‘regra’ dos últimos posts, e nos traga a um, quem sabe, ponto de equilíbrio. Vou buscar, mensagens rápidas, vídeos, humor, poesia, enfim ‘temperanças’ aos temas da semana. Conto com os ´colaboradores´ para fazer da Sessão Temperança um ‘negócio legal’.

Ou seja, se tudo der certo, a partir de hoje, preferencialmente as sextas-feiras, quando o título ‘Temperança’ surgir será sinal de algo pretenciosamente bom, leve, engraçado, ou coisa que o valha no blog.

Prá começar, ou seria prá recomeçar… segue o primeiro post ‘temperança’….

Amor pra recomeçar

Composição: Frejat/Mauricio Barros/Mauro Sta. Cecília

Eu te desejo / Não parar tão cedo / Pois toda idade tem / Prazer e medo...

E com os que erram / Feio e bastante / Que você consiga / Ser tolerante...

Quando você ficar triste / Que seja por um dia / E não o ano inteiro / E que você descubra / Que rir é bom / Mas que rir de tudo / É desespero...

Desejo! / Que você tenha a quem amar / E quando estiver bem cansado / Ainda, exista amor / Prá recomeçar / Prá recomeçar...

Eu te desejo muitos amigos / Mas que em um / Você possa confiar / E que tenha até / Inimigos / Prá você não deixar / De duvidar...

Quando você ficar triste / Que seja por um dia / E não o ano inteiro / E que você descubra / Que rir é bom / Mas que rir de tudo / É desespero...

Desejo! / Que você tenha a quem amar / E quando estiver bem cansado / Ainda, exista amo / Prá recomeçar / Prá recomeçar...

Eu desejo! / Que você ganhe dinheiro / Pois é preciso / Viver também / E que você diga a ele / Pelo menos uma vez  / Quem é mesmo / O dono de quem...

Desejo! / Que você tenha a quem amar / E quando estiver bem cansado / Ainda, exista amor / Prá recomeçar...

Eu desejo! / Que você tenha a quem amar / E quando estiver bem cansado / Ainda, exista amor / Prá recomeçar / Prá recomeçar / Prá recomeçar.

Um comentário:

Anônimo disse...

Toco essa musica demais....

Silvio