Pesquisar neste blog

sábado, 23 de abril de 2011

Verdades Históricas - II

Hoje, na verdade ontem, porque o texto só foi postado dia 23 de abril, diferente do plano original que era colocá-lo no ar dia 22 de abril, que é quando comemoramos o Descobrimento do Brasil (Veja aqui).

Fui cobrado, por mim mesmo, a “completar” as verdades históricas iniciadas com Tiradentes, contando a verdade de Cabral. Cabral é um ensinamento histórico dos mais pitorescos, as crianças de antes simplesmente “decoravam” a frase “Pedroalvarizcabral” e a repetiam sempre que ouvisses a pergunta : “Quem descobriu o Brasil" ?”. Talvez Cabral, seja um dos primeiros casos em que o nome do personagem completo seja mais conhecido que apenas parte dele, algumas gerações inteiras, não reagem ao ouvir apenas ‘Cabral’, tem que ouvir ‘Pedro Álvares Cabral’. Pior ainda acontece com o ‘Álvares’, para muitos ‘Álvares’ é apenas para ligar Pedro e Cabral, pode tirar a prova, pergunte quem descobriu o Brasil e ouvirá na hora “Pedroalvarizcabral”, pergunte a mesma pessoa se conhece alguém que se tenha “Álvares” no nome, a resposta na maioria das vezes, será não.

Pois é, este é Cabral, um personagem reduzido a resposta automática a uma e somente uma pergunta… Quem descobriu o Brasil ? Eu imagino a frustração de seus descendentes ou de quem, diferente de mim, conhece toda sua história, que deve ter pontos altos e baixos, mas certamente muito mais do que apenas a resposta a pergunta – “Quem descobriu o Brasil ?”.

Para piorar ainda mais a situação histórica de Cabral, hoje em dia muitos pequenos já dizem que nem o descobrimento é obra dele, pois os Índios estavam aqui desde sempre, e não queriam nem tiveram vantagem alguma em “ser descobertos”. Talvez o dia do Índio não devesse ser tão próximo ao do descobrimento, acabam sendo antagônicos demais. Vai saber…

Ao final, até mesmo a autoria do descobrimento acabou sendo discutida, o que para mim só reforça que 22 de abril é cada vez mais Dia da Terra, e menos do Descobrimento do Brasil.

Veja textos sobre o tema … aqui e aqui. E o wikipedia de Cabral, aqui.

Que venha então o domingo de Páscoa, será que cabe um Verdades Históricas III, sobre o Coelhinho da Páscoa ?

Nenhum comentário: