Pesquisar neste blog

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Temperança - Os dois Lobos

Para entender a mensagem contida nesta historinha, é preciso entender os problemas da mente, é preciso saber como nossa mente (Tomás Manzano já escreveu sobre isto aqui) é capaz de distorcer o que se passa de verdade, é preciso entender como cada um está inserido em um contexto, que seguramente é maior do que soma dos indivíduos nele inseridos, e de que forma cada um pode de fato, interferir no ‘arranjo’ que aí está…
Os dois lobos
Uma noite, um velho índio falou ao seu neto sobre o combate que acontece dentro das pessoas.
Ele disse: - Há uma batalha entre dois lobos que vivem dentro de todos nós.
Um é Mau - É a raiva, inveja, ciúme, tristeza, desgosto, cobiça, arrogância, pena de si mesmo, culpa, ressentimento, inferioridade, orgulho falso, superioridade e ego.
O outro é Bom - É alegria, fraternidade, paz, esperança, serenidade, humildade, bondade, benevolência, empatia, generosidade, verdade, compaixão e fé.
O neto pensou nessa luta e perguntou ao avô: - Qual lobo vence?
O velho índio respondeu:
"Aquele que você alimenta!"

Nenhum comentário: