Pesquisar neste blog

terça-feira, 12 de julho de 2011

Derretendo com o calor do verão… no hemisfério norte, claro.

Depois de vários dias off-line, o blog voltou… Muitos temas ficaram represados, e eu decidi trazer um resumo do que eu quis blogar e não consegui… Alegre  Lá nos primórdios do Blog eu fazia vários posts assim… amanhã prometo retomar os posts, se o computador não ‘pifar’ de novo.

Vamos aos temas :

1o ) EUA caminham para um calote político. Tem data e hora marcada para o maior calote da história da humanidade se realizar… Dia 02 de agosto, se o congresso não autorizar um novo teto de endividamento para os EUA, o que na prática é aumentar o limite do cheque especial, o calote começa. (veja aqui)

2o) A Europa tenta achar o fundo do poço mas ainda não conseguiu, além de novos companheiros para a Grécia na sua tarefa de enxugar gela, ou melhor, de saldar seus déficits, já tem gente preocupada com outra bomba relógio, a onda separatista que pode ter início na Bélgica, que por desentendimentos políticos entre Francófonos e Flamengos. (veja aqui)

3o) Faltou bala para o Trem Bala. Não sei como vocês vêem este assunto, aliás imagino que muita gente pense que é uma benção que este leilão não tenha tido vencedor, pois independente de quem vencesse o perdedor seria o mesmo, o erário público. Minha questão é a seguinte, quão ruim um negócio destes tem que ser ruim para que ninguém queira entrar nesta. Somos o País do orçamento estourado, da benesse, das mazelas com o dinheiro público, e neste caso, ninguém quis pegar o tal projeto… sinceramente, fiquei sem entender. (veja aqui)

4o) Semana passada inteira falou-se do ‘preço dos carros’, tantos motivos foram ouvidos, e em quase todas as opiniões o ‘custo Brasil’ aparecia como um dos principais vilões, não se falava apenas em impostos, mas em todo custo envolvidos nas ineficiências do Brasil. Pois bem, era de se imaginar que ninguém nunca mais ia querer fazer uma fábrica aqui, pois qual não foi a surpresa, hoje a BMW escolheu fazer aqui, ao invés de no México, sua fábrica… vai entender. (veja aqui)

5o) Antes que eu conseguisse ter aquela ‘velha opinião formada’ sobre o tema, Abílio Diniz desistiu de comprar o Carrefour com o nosso dinheiro. (veja aqui)

Nenhum comentário: