Pesquisar neste blog

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Ah tá…

Aí sim fomos surpreendidos novamente !!!! E houve quem achasse que a disputa pelas Ilhas Malvinas vivida na década de 80, era, tipo assim,  sei lá porque …

Aliás, na Wikipedia há uma definição sobre qual seria a ‘importância’ que justificasse tal disputa, veja abaixo :

A importância das ilhas

Em outros tempos, nestas ilhas existiram importantes postos de caça de baleias, porém a prática provocou o desaparecimento de numerosas espécies de baleias nos mares austrais e fez com que a importância econômica dos três arquipélagos fosse reduzida. O interesse por elas obedece fundamentalmente a quatro causas:

  1. Tanto a Argentina como o Reino Unido consideram que a soberania sobre estes territórios representa uma questão de orgulho e credibilidade nacional.
  2. A posse de territórios adjacentes à Antártica pode outorgar os direitos sobre este continente em futuras negociações relacionadas com a mesma.
  3. O controle deste arquipélago encerra uma posição estratégica ao seu ocupante sobre o cruzamento austral e o seu tráfego marítimo.
  4. A recente notícia de exploração de petróleo por ingleses próximo às Malvinas, pode indicar que os britânicos sabiam da existência de combustíveis fósseis na região.

Provavelmente a 4a razão seja a mais importante, veja abaixo a notícia que estava no Terra…

 

Empresa britânica anuncia descoberta de petróleo nas Malvinas

Fonte : Terra - A empresa britânica Rockhopper anunciou nesta quarta-feira uma nova descoberta de petróleo em uma área de avaliação de uma jazida na bacia norte do arquipélago das Malvinas, cuja soberania é destinada por Argentina e Grã-Bretanha. "No poço de 2.696 m de profundidade foi detectado um depósito de grande qualidade que fica na margem alta das expectativas", afirma a Rockhopper em um comunicado.

Esta é a quinta prova positiva da empresa no bloco conhecido como Sea Lion. Os trabalhos prosseguirão para avaliar com mais precisão o potencial de Sea Lion antes de uma eventual exploração da jazida. Uma eventual exploração demandaria grandes investimentos e poderia aumentar ainda mais a tensão entre Argentina e Grã-Bretanha.

Nenhum comentário: