Pesquisar neste blog

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um brinde a mediocridade !!!

 Mediocridade é qualidade dos medíocres, que por sua vez são pessoas medianas, sem mérito, insignificantes. Todos os dias acontecem coisas protagonizadas por pessoas medíocres. O último acontecimento (pretensão minha achar que tem fim, se não tem fim, não tem último…) foi relacionado com a propaganda da Gisele, que estourou seu cartão e o do marido, ou que bateu o carro...

Primeiro, para estourar o cartão dela e do marido, ela deve ter comprado a amazonia, ou um estado americano, talvez um ônibus espacial, sei lá, algo assim. Aí já começa o lado lúdico da propaganda, que querem de qualuqer forma transformar em ‘sexista’ (sexista vem de sexismo, que depois que a novela acabou e tirou a ‘homofobia’ da boca do povo, virou séria candidata a palavra da vez).

Quem assiste a uma propaganda, sabe que está assistindo a uma propaganda, ou vocês acham que não ? Eu acho que sabe… Caso contrário, eu acharia que meu carro pode mesmo sair a noite sozinho para ir a um posto ‘se abastecer’, ou ainda que eu posso mascar um chiclete e com o bafo gerado refrescar um monte de gente, ou quem sabe colocar fogo no meu carro depois de andar em um outro recém lançado por outra montadora. Se nós não vemos gente fazendo isto todos os dias na rua, é porque as pessoas sabem diferenciar o que é uma propaganda do que é a vida real.

Sendo assim, para não ficarmos na mediocridade, talvez o CONAR precisasse aprender o que é uma propaganda, o que é direito e o que é censura.

Deixe a Gisele estourar o cartão a vontade, até porque a Hope, dona da propaganda, deve estar estourando de ganhar dinheiro com a superexposição que sua marca conseguiu com esta ‘polêmica’ de buteco gerada pelo CONAR.

Antes que me perguntem… Sexista, é o homofóbico que discrimina um sexo específico, ou seja… pra falar a verdade, nem sei o que dizer do sexismo. Deveríamos inventar a Mediocrefobia, acho que seria mais útil…

A foto é de Gisele, estrela da campanha, e a seu lado a Sra. Iriny Lopes, Secretária de Políticas para as Mulheres, uma inutilidade mantida por Dilma Rousseff. Pensando bem, tomei seu tempo à toa, a foto bastaria para explicar tudo.

Nenhum comentário: