Pesquisar neste blog

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Crscei, multiplicai e deslocai-vos

Esta foi a mensagem de Deus recebida através de seus enviados até nós, a antiga versão sem a existência dos carros era apenas ‘Crescei e multiplicai-vos’, que recebeu o deslocai-vou tão logo passamos a ter os carros.

Se você não crê nisto, não pode trabalhar no Governo do PT, para quem economia é uma questão automobilística. Pela segunda (ou seria terceira ? quarta ?) vez eles resolvem resolver os problemas da economia com estímulo a indústria automobilística. Não me parece que ainda possamos consumir carros, claro, considerando que pagar nós já não conseguimos há algum tempo (veja aqui), pois mesmo com tanto incentivo, não tem mais onde colocar o carro na sociedade, na economia, nas ruas.

Soa muito estranho esta Maquiavélica crença de que todos os problemas decorrentes deste sonho de verão são menores do que os benefícios que trazem. Incentivar consumo irresponsável em troca de manter a economia girando, não é coisa de líder, é coisa de colonizador. Quando o Governo Russo fez isto há quase dois anos atrás, eu fiz piada aqui (veja aqui), e agora faço o que ? Piada ? Prefiro lamentar, reconhecendo que pimenta no olho dos outros é mesmo refresco…

Seria este absurdo impulsionado pela queda dos juros ? Ou seja, como não dá mais para os Bancos ganharem dinheiro no mole só comprando dívida pública, precisam de ajuda, e esta ajuda viria vendendo mais e mais financiamento de carros… Se eu fosse representante de outras indústrias, qualquer que seja, eu exigiria minha parte nesta irresponsabilidade também. Já pensou que legal seria : Compre um carro, e ganhe do governo 1000 litros de leite, ou 1500 rolos de papel higiênico.

Na verdade, apesar de não duvidar, eu não acredito que o jogo seja tão rasteiro assim, enfim, sei lá. só sei que um dia ainda verei um pacote econômico de incentivo ao conhecimento , e ao ensino, desonerando folha de pagamento de escolas e universidades, eliminando impostos sobre serviços educacionais, aumentando de sobremaneira os investimentos públicos e privados no setor, patrocinando pesquisas e formando cientistas, neste dia, que pode demorar quanto for preciso, saberemos que viramos uma página na longa história da formação de uma nação.

Enquanto isto… Crescemos, multiplicamos e deslocamos.

Nenhum comentário: