Pesquisar neste blog

terça-feira, 4 de setembro de 2012

A sua benção, Padrinho….

Ou seria melhor, ‘bença’ padrinho, como se ouve mais comumente pelo Brasil.

FHC cutucou Lula, chamando de Herança Pesada a que ele deixou para Dilma. Esta, mais do que de pressa, passou o recado de volta…

Quem está certo ? Depende do ângulo que se olha : Para alguns FHC, sem dúvida… Para todos os demais, Lula e Dilma. Temos que ter consciência da nossa maturidade política e social para emitir o julgamento final, isto influência sim e muito este debate.

Veja abaixo o ‘debate’…

Leia aqui - FHC, a Herança Pesada.

E abaixo a nota de Dilma.

A ÍNTEGRA DA NOTA DE DILMA

"Citada de modo incorreto pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em artigo publicado neste domingo, nos jornais "O Globo" e "O Estado de S. Paulo", creio ser necessário recolocar os fatos em seus devidos lugares.

Recebi do ex-presidente Lula uma herança bendita. Não recebi um país sob intervenção do FMI ou sob a ameaça de apagão.

Recebi uma economia sólida, com crescimento robusto, inflação sob controle, investimentos consistentes em infraestrutura e reservas cambiais recordes.

Recebi um país mais justo e menos desigual, com 40 milhões de pessoas ascendendo à classe média, pleno emprego e oportunidade de acesso à universidade a centenas de milhares de estudantes.

Recebi um Brasil mais respeitado lá fora graças às posições firmes do ex-presidente Lula no cenário internacional. Um democrata que não caiu na tentação de uma mudança constitucional que o beneficiasse. O ex-presidente Lula é um exemplo de estadista.

Não reconhecer os avanços que o país obteve nos últimos dez anos é uma tentativa menor de reescrever a história. O passado deve nos servir de contraponto, de lição, de visão crítica, não de ressentimento. Aprendi com os erros e, principalmente, com os acertos de todas as administrações que me antecederam. Mas governo com os olhos no futuro.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil"

Um comentário:

MY. disse...

Façamos uma reflexão. Vivemos duas épocas distintas, a Era FHC e a Era Lula.
o Ex-Presidente Fernando Henrique será sempre lembrado como o PAI DO REAL, momento histórico onde se pôs fim na inflação. A era Lula vem logo em seguida. Essa merece destaque. Certa vez um amigo meu partidário do PT disse o seguinte: se o Lula quisesse já teria sido presidente muito antes. Mas, na política é assim, vc se candidata, perde a primeira, perde a segunda, pode até perder a terceira, como diziam: o importante é competir. Mas, no caso do ex-Presidente Lula foi diferente. O PT foi articulando, foi colhendo material, foi deixando o homem preparado para ser o PAI DE TODOS, para ultrapassar todos os ex-presidentes em matéria de populismo. E num golpe de sorte, após a estabilidade econômia, voôu alto, com conforto e tranquilidade, méritos de quem soube esperar a onda passar e pegá-la, nada de marolinha não é mesmo? E depois desse desterro, eis que surge a Presidenta DILMA, primeira mulher a governar o mais alto escalão Brasileiro, é assim que o PT vai fazendo história... os outros partidos devem analisar isso com cautela, afinal não é a ESCOLA PT e sim a UNIVERSIDADE POLÍTICA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES que a mais de 30 anos ensina a fazer política no Brasil e a mensalidade não existe, eis que MENSALÃO é coisa demodê nesse partido!!!