Pesquisar neste blog

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

O 11 de setembro, a tragédia, nas propagandas

Ontem foi 11 de setembro, 11 anos antes de ontem, acontecia um dos eventos mais trágicos que se viu. Digo que se viu, porque ninguém assistiu com tantas imagens, e ao vivo, nenhuma das tantas outras tragédias que acontecem pelo mundo afora, motivadas exatamente pelo mesmo sentimento de revolta e intransigência. Tive a impressão que tudo já havia sido dito sobre o tema e a data, mas trombei com esta matéria na Exame.com, trazendo 5 propagandas, para mim de gosto duvidoso, que usam o 11 de setembro como motivo.

Tire você mesmo suas conclusões … (fonte Exame.com)

Anúncio da WWF

WWF: Tsunami

Premiada no OneShow em 2009, essa peça criada pela DM9DDB gerou polêmica ao mostrar dezenas de aviões em direção a Manhattan.

O anúncio, supostamente da WWF, diz que o tsunami na Ásia matou 100 vezes mais pessoas do que o ataque ao World Trade Center, em 11 de setembro de 2001.

Com a indignação gerada pelo anúncio, a WWF se manifestou dizendo que jamais tinha visto e aprovado a peça. Já a DM9 posicionou-se por meio de uma nota, pedindo desculpas "a todos que foram afetados ou ofendidos com o anúncio", e dizendo que ele "nunca deveria ter sido feito e não retrata a filosofia desta agência". Há também uma versão em vídeo.

Anúncio da Fondation Nicolas Hulot abordando o 11 de setembro

Fondation Nicolas Hulot

Criado pela agência francesa CLM BBDO, a peça comunica a luta da Fondation Nicolas Hulot contra a destruição do meio ambiente e dos recursos naturais. No lugar das torres gêmeas, duas árvores queimando fazem uma alusão ao atentado de 11 de setembro.

A assinatura da peça é: "For nature, everyday is 9/11" ("Para a natureza, todo dia é 11 de setembro", em uma tradução livre).

 

Anúncio do Cape Times

Cape Times

O jornal Cape Times, publicado na Cidade do Cabo, na África do Sul, fez a triste sugestão de que as pessoas podem ter perdido o 11 de setembro caso não tenham lido a publicação naquele dia.

"O mundo pode mudar em um dia. Não perca sua edição diária de notícias em profundidade", dizia a peça, criada pela Lowe Bull.

 

 

Anúncio do El País mostrando o 11 de setembro

El País

O jornal El País divulgou uma peça em que tenta demonstrar que pessoas que parecem saber muito sobre um fato, nem sempre sabem.

No anúncio, elementos como o avião e o prédio foram trocados ou tiveram posição invertida. Além disso, o Transamerica Pyramid, prédio em formato piramidal na foto, fica em São Francisco, e não em Nova York. A criação é da Ogilvy & Mather.

Anúncio da CoBis com alusão ao atentado de 11 de setembro

CoBis

O anúncio da empresa de hardware Cobis sugere que um disco rígido é um desastre em potencial - ou "um World Trade Center prester a acontecer", como diz a peça. A propaganda foi criada pela LG&F.

Nenhum comentário: