Pesquisar neste blog

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Sempre tem um lado mais fraco da corda

“Normalmente uma pessoa bem forte puxando uma corda, e seu oponente, pessoa fraca fisicamente, puxando a corda em direção contrária, com certeza estará fazendo uma força tremenda, fora do seu normal para tentar vencer esta disputa. De repente o mais forte, propositalmente, solta a corda, o mais fraco cairá tendo uma queda muito grande indo de encontro ao chão. Ou se por acaso a corda arrebenta o resultado será o mesmo.”

Não sei exatamente o que o Genoíno diz a seus familiares e amigos próximos, mas não há dúvida que cortou na própria carne por Lula e Dirceu, o que me remete a pensar no tamanho da causa, do ideal, do pote de ouro no final do arco-íris, para justificar tamanha atitude.

 

Abatido, Genoino se prepara para enfrentar prisão

CATIA SEABRA
DE SÃO PAULO

Numa demonstração de que não descarta a hipótese de condenação e até prisão, o ex-presidente do PT José Genoino pediu que sua assessoria jurídica deixasse pronta uma procuração para que sua mulher, Rioco Kayano, pudesse administrar suas contas em caso de detenção.

Assessor especial do Ministério da Defesa, Genoino tem direito a aposentadoria pela Câmara de Deputados. Ele afirmou a aliados que tem que se preparar para a possibilidade de prisão em caso de condenação pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão.

Genoino só não fez a procuração porque foi desaconselhado por seu advogado, Luiz Fernando Pacheco. "Essa procuração não foi feita porque eu disse que, se necessário, haveria um momento certo", disse o advogado.

O abatimento de Genoino é alvo de preocupação entre petistas, que tentam reanimá-lo. Já durante o julgamento no Supremo, ele passou um dia na casa do ex-ministro José Dirceu, em Vinhedo (SP). Dias antes, foi prestigiado num jantar oferecido pela presidente Dilma Rousseff.

Procurado, Genoino negou a disposição de preparar a procuração, afirmando que, neste momento, se dedica exclusivamente à saúde. "Não é verdade", disse. "Estou cuidando somente da saúde."

Fumante, ele será submetido hoje a um cateterismo para desobstrução de uma artéria coronária. Na semana passada, exames detectaram uma alteração.

O ex-presidente do PT responde no STF pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha. Segundo a denúncia, apesar do reduzido patrimônio, ele foi avalista de empréstimos dos bancos Rural e BMG que ajudaram a financiar o mensalão.

Nenhum comentário: