Pesquisar neste blog

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

FHC quase se desespera

Enquanto Lula, ao receber um título Dr. Honoris Causa de uma universidade do ABC, proclamou, o PT não sai do Governo até 2022, FHC manifestava seu começo de desespero com a hegemonia do PT em sua coluna no Estadão de domingo.

FHC escreveu, com aquela densidade que lhe é comum, um artigo sobre a condenação do mensaleiros, que na verdade foi apenas o pano de fundo, para que FHC deixasse muito claro de que ele perdeu as esperanças. Seu texto é o texto que muitos gostariam de ter escritos, mas começo a ter certeza que ao mesmo tempo que não faltariam autores para assinar este texto, estes são, ao contrário de FHC, anônimos. Sim anônimos, não aparecem, tem um ou outro nome, mas não aparecem. Estão na conversa aqui e ali, mas quando você vira o rosto somem. Esta é a oposição, talvez pressionanda pela força da Base Aliada, parece cada vez mais ter medo de agir.

Diz o tempo todo o que acha, mas quando viramos o rosto, somem.

O PT descobriu como ganhar eleições, aprendeu a usar Lula como um escritor de capítulos passados, em que pese, faltar com a verdade seja o mesmo que mentir, esta estratégia gera votos.

A oposição precisa aprender também, nem que seja a agir ao menos um pouco. Não sou oposição, até porque ela não existe, mas o sistema democrático brasileiro padece demais disto.

Veja aqui o artigo de FHC : http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,sinais--alarmantes-,1102780,0.htm

Nenhum comentário: