Pesquisar neste blog

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

As duas escalas impróprias

A Presidenta deve estar trabalhando duro para tentar abafar os efeitos de suas duas escalas impróprias durante esta sua viagem internacional (será?). Primeiro parou ‘secretamente’ em Lisboa, e por lá junto de sua comitiva passou uma noite entregue aos bons pratos e bons hotéis. Na sequencia, desta vez sem segredos, foi a Cuba pagar pedágio em conjunto com os demais revolucionários Latino Americanos, aos irmãos Castro. Lá liberou mais empréstimos do BNDES para Cuba fazer comércio conosco, inaugurou uma obra no porto também financiada por nós, elogiou em nosso nome os médicos que de lá vieram para o Mais Médicos, e por fim criticou os EUA pelo embargo.

Definitivamente ela não tem o menor respeito por nós, fala e decide em nosso nome como se nós não existissemos, não está nem aí para as manifestações das ruas. Está sim, sem dúvida, mais do que segura que já está reeleita. E quem viver, verá.

Nenhum comentário: