Pesquisar neste blog

segunda-feira, 18 de abril de 2016

O medo do povo...

O Brasil acordou meio de ressaca hoje. 
Parece que a festa tão esperada por uns, chegou, passou e deixou sintomas.

Deixou sintoma de que nossa câmara é mais esquisita que pensávamos. Deixou sintoma de amnésia quando muitos não lembraram em quem votaram, sequer para acompanhar o que o dileto deputado fez com seu mandato.

Ficou o sintoma de que, começamos a resolver um problema, mas que o próximo problema já está no forno. 

Tenho lido manifestações, que dizem que o certo seria mudar tudo. 
Eleições gerais. É a aí que mora o medo povo.

O maior medo do povo, é o medo que temos do povo. 
De nós, povo.
Eleições gerais significaria escolher de novo... que medo.

 

Nenhum comentário: